Publicado às 04h53 desta segunda-feira (4)

Imagem ilustrativa

Um auxiliar de serviços gerais de 32 anos, residente no bairro Bom Jesus, em Serra Talhada, enviou mensagem para a redação do Farol, revelando que a cada dia o ser humano consegue se superar no quesito ignorância e falta de respeito à pessoa humana. Ele foi atropelado por um motorista, que ao invés de prestar socorro, deixou o local dando risadas da vítima.

Num autêntico desabafo, o homem, que pediu para ter a sua identidade preservada, detalha o caso e alerta as autoridades do trânsito. Leia abaixo:

“Bom dia, gostaria de relatar sobre um atropelamento que sofri no sábado, 2 de outubro, por volta das 20 horas, em frente a Rossy Motos na Rua 02 do Alto do Bom Jesus, em Serra Talhada. Eu vinha andando e um veículo Polo Sedan, cor chumbo, fez o retorno e me atropelou, e o motorista saiu rindo da situação, não consegui anotar a placa porque estava escuro.

Veja também:   Empresário serra-talhadense é alvo da PF

Liguei pra polícia e deu ocupado, quero deixar registrado minha indignação sobre o trânsito de Serra Talhada que apesar de todas as campanhas e leis existentes, não são capazes de educar os motoristas, as pessoas entram num carro e acham que são poderosas e que os pedestres não têm direitos, espero que nunca aconteça isso com esse senhor e nem com a família dele ou filhos, que ele se conscientize sobre o direito dos pedestres.

Eu poderia ir atrás das câmeras de segurança que certamente filmaram o ocorrido, mas vou deixar pra lá, mas espero do fundo do coração que ele [o motorista] ponha a mão na consciência. Hoje ele tá dentro de um carro, mas pode ser pedestre um dia e certamente não vai gostar de ser atropelado por ninguém”.

Veja também:   Confira a previsão de hoje (08/08) para seu signo