Do G1

Um francês de 62 anos sobreviveu por 16 horas em uma bolha de ar embaixo de seu veleiro no Oceano Atlântico antes de ser resgatado por mergulhadores da guarda costeira espanhola nesta terça-feira (2).

A guarda costeira recebeu um sinal de socorro do veleiro Jeanne SOLO às 20h23 de segunda-feira (1º). A embarcação estava próxima das Ilhas Sisargas, na região noroeste da Galícia. Dados de rastreamento mostram que ele partiu de Lisboa na manhã do dia anterior, informou a guarda costeira.

Um navio de resgate com cinco mergulhadores e três helicópteros foram enviados para o resgate. Vídeo mostra o momento em que o navio foi encontrado virado no meio do mar.

Veja também:   Candidata do Psol defende o Ecossocialismo em PE

Um mergulhador foi até o casco do navio para buscar sinais de vida e o homem respondeu batendo por dentro do casco.

Como o mar estava muito agitado para tentar um resgate, eles colocaram balões de flutuação para evitar que o veleiro afundasse ainda mais e esperaram até a manhã do dia seguinte para continuar o resgate.

Dois mergulhadores nadaram por baixo do barco para ajudar o marinheiro, que estava vestindo um traje de sobrevivência neoprene e com água até os joelhos.

“Por iniciativa própria, o marinheiro entrou na água e tentou sair mergulhando. Ele teve ajuda da equipe de resgate, que teve que puxá-lo, pois era difícil nadar com aquela roupa”, disse Vicente Cobelo, membro da equipe de operações especiais.

Veja também:   Ela disse não a uma herança de 22 bilhões; conheça a sua história

O homem, que não foi identificado, foi levado ao hospital para exames e liberado logo depois em bom estado de saúde.