Homem morre com dengue hemorrágica em PEDo Blog Mais Pajeú

Faleceu neste domingo (17) Raimundo Hélio Pereira dos Anjos, na cidade de Tuparetama, no Sertão de Pernambuco.

Segundo as primeiras informações o mesmo adoeceu no sábado (16), com sintomas de dengue hemorrágica, vomitando sangue e ainda chegou a ser transferido para Recife mas não resistiu.

O blog Mais Pajeú se solidariza com familiares e amigos enlutados.

ENTENDA A DOENÇA

A dengue hemorrágica é uma complicação da dengue clássica. A condição também é conhecida como dengue grave e ocorre após alterações na coagulação sanguínea.

Veja também:   Idoso de 80 anos cai em rio às margens da BR-101

É mais frequente em pessoas que contraem dengue pela segunda vez. Lembrando que esse vírus apresenta quatro sorotipos diferentes: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4.

Portanto, ao contrair a doença, a pessoa fica imunizada permanentemente para aquele sorotipo do vírus, mas não para os outros. Sendo assim, o indivíduo pode ter dengue até quatro vezes.

Essa complicação da dengue precisa ser tratada adequadamente para evitar complicações e, até mesmo a morte, em casos mais graves.

Geralmente, os sintomas da dengue hemorrágica são semelhantes ao da dengue clássica – principalmente nos primeiros dias da infecção.

Veja também:   Fogo destrói residência de idosos em Floresta

Por isso, é comum que a pessoa tenha febre alta, dor de cabeça e no fundo dos olhos, náuseas e vômitos, mal-estar geral, fadiga, manchas vermelhas e dores pelo corpo.

Com a evolução da doença, os sintomas se tornam mais graves.

SINTOMAS MAIS COMUNS

Sangramentos na gengiva, boca, nariz, ouvido e intestino;
Vômitos intensos;
Dor abdominal;
Urina com sangue;
Olhos vermelhos;
Dificuldade para respirar;
Confusão mental;
Prostração;
Palidez das mucosas e pele;
Aumento do fígado;
Queda na pressão arterial;
Sangue nas fezes.

Veja também:   Curta a ressaca da Festa de Setembro em ST