Fotos cedidas ao Farol de Notícias 

Publicado às … desta … ()

A nova direção do Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), agora coordenada por Leonardo Carvalho, preparou um momento especial para os pacientes e colaboradores da unidade de saúde. Em conversa com o Farol de Notícias, o gestor explicou que o objetivo de levar o músico Agnaldo do Sax, para dentro da unidade nessa segunda-feiram, foi levar a alegria e emoção da música para dentro da instituição. O músico passou por procedimentos de segurança para poder se apresentar, fez teste Covid-19 e tocou paramentado pelos corredores do hospital.

Segundo ele, desde que assumiu a missão de gerir um dos maiores hospitais regionais do Sertão, entrou com o objetivo se empenhar a dar sempre seu melhor para os pacientes, acompanhantes e colaboradores. Leonardo também enfatizou a acolhida da equipe do hospital que foi cordial e hospitaleira com a chegada de sua gestão. Nas fotos é possível ver que até mesmo Agnaldo não segura a emoção e deixa algumas lágrimas escaparem e rolarem pelo rosto enquanto toca.

Veja também:   Márcia participa de piquenique no Vila Bela

“Sabemos que passamos por uma pandemia e os profissionais que trabalharam na linha de frente deixaram suas casas, deixaram suas famílias para exercer o dom do cuidado. E aí pensei: porque não proporcionar um momento de conexão com Deus? Um momento de fé, de esperança e de amor ao próximo? Hoje colocamos um saxofonista, nos corredores do Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães, tocando para amenizar a dor física, mental e espiritual de quem estava em tratamento e também para nossos funcionários. Esse projeto não acaba só abraçando o paciente, mas todos os funcionários que estão na linha de frente. A gente sabe que é uma carga de pressão muito grande em cima deles e que a demanda de serviço aumentou”, refletiu o gestor, completando:

Veja também:   Nova pesquisa mostra Marília com folga e crescimento de Miguel

“Sinto que meu trabalho e o trabalho da equipe do Hospam deixou de ser apenas uma função e se tornou uma missão de fazer o hospital melhor e mais humanizado. Tenho um sentimento de gratidão, felicidade e sensação de estar cumprindo minha missão para qual fui designado. E reafirmo o compromisso com os pacientes, com os colaboradores e todos os que procurarem o Hospam, terá o melhor atendimento. É uma missão árdua, mas temos uma equipe muito dedicada, que ama o que faz e está abraçando a causa. Humanizar é preciso! Doar amor ao próximo é necessário! E vamos continuar com esse projeto semanalmente, visto que foi lindo, emocionante e a população e equipe amaram!”.