Idosa morre na sala vermelha do Hospam em STPublicado às 04h50 deste sábado (11)

A semana foi marcada por anúncios de mortes pelo novo coronavírus em Serra Talhada, que chegou ao patamar de 182 óbitos pela doença, e também na região, uma vez que os hospitais Eduardo Campos e o Agamenon Magalhães (Hospam), se transformaram nos dois principais centros de tratamento do Sertão do Pajeú.

Desta vez, os idosos foram as principais vítimas do vírus, que agiu com velocidade. No dia 7 de setembro, por exemplo, a reportagem do Farol apurou que uma idosa de 71 anos, natural do município de Itacuruba, Sertão do São Francisco, não chegou sequer a dar entrada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospam, e morreu na chamada sala vermelha, ainda na zona de triagem da emergência adulto.

Veja também:   Papa anuncia fim de recurso para padres que cometem abusos

O fato novo no cenário da pandemia, é que o estado de Pernambuco registrou, nessa sexta-feira (10), o primeiro caso de morte provocada pela variante Delta (confira a noticia aqui).