Do Diario de Pernambuco 

O juiz que preside a audiência contra o policial acusado nos Estados Unidos pela morte de George Floyd adiou nesta segunda-feira (8) o início do processo, que deveria começar com a seleção do júri.

O magistrado Peter Cahill atrasou o início do julgamento ao menos até terça-feira, depois que a acusação pediu um adiamento à espera de que outro tribunal examine se é possível estabelecer uma acusação de assassinato em terceiro grau contra Chauvin.