Kendall Jenner desbanca Gisele como modelo mais bem pagaDo G1 Mundo

Kendall Jenner foi anunciada como primeiro lugar da lista das modelos mais bem pagas do mundo, tirando Gisele Bundchen da primeira posição pela primeira vez em 15 anos. O ranking, divulgado na terça-feira (21), reflete a crescente força de influenciadores de redes sociais.

Ashley Graham se tornou a primeira mulher plus-size a entrar na lista anual da revista “Forbes” de modelos mais bem pagas, ficando na 10ª posição, com renda estimada em US$ 5,5 milhões entre 1º de junho de 2016 e 1º de junho de 2017.

Veja também:   Serra-talhadense morre após trocar tiros com a PM

Jenner, de 22 anos e meia-irmã de Kim Kardashian, ganhou uma estimativa de US$ 22 milhões durante o ano graças a seus trabalhos nas passarelas e seus 84 milhões de seguidores no Instagram. Eles a ajudaram a lançar sua própria marca de roupas e conseguir acordos com marcas como Adidas e Estée Lauder, segundo a “Forbes”.

Gisele, de 37 anos e que era primeira do ranking desde 2002, caiu para a segunda posição neste ano, com estimativa de US$ 17,5 milhões, de acordo com a “Forbes”.

Chrissy Teigen se juntou à lista pela primeira vez, assumindo a 3ª posição, com ganhos estimados em US$ 13,5 milhões. Teigen, de 31 anos e esposa do cantor John Legend, também é conhecida no Twitter e Instagram e possui acordos com marcas como Smirnoff para impulsionar seus ganhos no mundo da moda.

Veja também:   Pajeú tem 207 casos confirmados e 18 óbitos

Graham, de 30 anos, uma defensora do ativismo corporal, se tornou em 2016 a primeira modelo plus-size a ser capa da revista Sports Illustrated. Suas linhas de roupas com Dressbarn, H&M e Swimsuits For All lhe ajudaram a entrar na lista pela primeira vez em seus 16 anos de carreira.

“Com as redes sociais, há mais oportunidades para criar seu próprio conteúdo e usar sua voz”, disse Ivan Bart, presidente da IMG Models, à “Forbes”. “As estrelas estão usando isto”.

Veja também:   OPINIÃO: O princípio do fim de uma era e a queda do império petista no Brasil

A “Forbes” relatou que as 10 modelos mais bem pagas do mundo receberam um total acumulado de US$ 109,5 milhões no ano, antes de impostos e taxas. A revista estimou ganhos a partir de contratos de cosméticos, fragrâncias e outros e com base em entrevistas com empresários, agentes e diretores de marcas.