Os vereadores Pinheiro do São Miguel (PTB) e Manoel Enfermeiro (PT) se inspiraram no ciclo do cangaço para denominar algumas ruas do residencial Vila Bela (Minha Casa, minha vida) e lançaram projetos de leis que prometem provocar polêmicas.

O petebista ingressou com PL 007/2013 que denomina de rua José Alves de Barros, o ‘Zé Saturnino”- inimigo número 1 do cangaceiro Lampião-, uma das artérias do conjunto residencial. Defensor do seu projeto, Pinheiro garante que o nome de apenas uma rua é muito pouco para homenagear Zé Saturnino.

“Ele (Saturnino) merecia até ser nome de uma das nossas praças com direito a uma estátua. Foi líder da volante e combateu o cangaço, Sempre defendeu sua família e o próprio município. Estou fazendo um resgate da nossa história e da nossa cultura”, declarou o petebista.

Já o petista Manoel Enfermeiro ingressou com o PL 022/2013 que homenageia o poeta, escritor e ator Gilvan Santos, um dos fundadores do grupo de xaxado Cabras de Lampião. “Gilvan Santos viajou mundo afora com o grupo Cabras de Lampião e fazia o papel  de Lampião no espetáculo. Ou seja, ajudou a projetar o nome de Serra Talhada no cenário nacional”, disse o vereador, afirmando que a semente lançada pelo ator ainda prospera em Serra Talhada. Os dois projetos serão votados no próximo dia 4 de março, em sessão ordinária da Câmara de Vereadores.

Veja também:   Marília tem quase o dobro do 2º colocado