Liberado hoje lista de trabalhadores autorizados a sacar pix de R$823,66
Liberado HOJE (08/04) lista de trabalhadores com carteira assinada autorizados a
sacar pix de R$823,66. (Imagem: Jeane de Oliveira/ FDR)

Por FDR Notícias

Aqueles que trabalharam por, pelo menos, 30 dias com carteira assinada, poderão realizar o saque desse valor que é liberado anualmente e fica disponível até o final do ano.

Mas é importante lembrar que se não for sacado, o valor volta para o fundo e só poderá ser retirado depois de fazer um novo pedido. Este valor é o abono salarial!

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

O que é o abono salarial?

  • Benefício pago anualmente para trabalhadores da iniciativa privada regulamentados pelo PIS (Programa de Integração Social);
  • Benefício pago para servidores públicos pelo PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público);
  • Valor varia de acordo com os meses trabalhados e pode chegar até R$ 1.412;
  • Quem trabalhou por 7 meses pode sacar o valor de R$ 823,66;
  • Os pagamentos começaram em fevereiro e foram liberados para os trabalhadores que nasceram nos meses de janeiro e fevereiro;
  • No mês de abril os trabalhadores nascidos em março começarão a receber.
Veja também:   Mães inscritas no Bolsa Família recebem adicional de R$ 300 em maio

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Quem tem direito ao saque?

Para saber se você tem direito ao abono salarial, você pode consultar sua Carteira de Trabalho Digital ou o portal gov.br. Ao acessar, poderá verificar se preenche todos os critérios para receber o benefício.

Para receber o abono é necessário:

  • Ter um cadastro no programa PIS/Pasep por, no mínimo, cinco anos;
  • Ter trabalhado na empresa por, pelo menos, 30 dias, no ano-base;
  • Ter recebido até dois salários mínimos no período;
  • Estar com dados atualizados no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) ou no eSocial.
Veja também:   PIS/PASEP 2024 tem valor diferente para cada trabalhador