LP dos Cabras de Lampião inspira projeto que une Frevo e Xaxado

“Passos do Sertão ao Litoral: Frevo e Xaxado de Pernambuco para o Mundo” é a nova aula-espetáculo do passista e produtor cultural Gil do Passo, que ao longo de mais de 28 anos de atuação na cultura popular, desenvolve um trabalho de salvaguarda do frevo, começando no Recife e depois no Sertão do Pajeú, onde desde 2015 ministra aulas e desenvolve espetáculos de danças através do projeto “Sertão Frevo”.

Ao longo de sua trajetória enquanto pesquisador, dançarino e produtor cultural, realiza estudos da dança do frevo e do xaxado, que apesar de distintas, uma ter origem no litoral e a outra no sertão, é possível encontrar pontos em comum entre elas.

Veja também:   Em 1970, grupo de xaxado já fazia história em ST

Seja na história de resistência, ou na utilização da manifestação artística como um escape, e também, em alguns movimentos, que acentuam e conservam unidades do corpo de forma intencional, como a ponta do pé e o calcanhar no frevo, e o arrastado do pé no xaxado.

O cangaço foi objeto de inspiração para a trajetória artística do Maestro Lourival Oliveira, através de suas composições de frevo de rua em homenagem aos bandoleiros dos sertões nordestinos, eternizados em seu LP “Os Cabras de Lampião no Frevo”. Ele nomeou os frevos com os apelidos dos cangaceiros, a exemplo de “Corisco”, “Cocada”, “Zabelê”, “Ponto Fino” e claro, os principais expoentes, o famoso “Lampião” e a sua “Maria Bonita”.

Veja também:   Encontro de Xaxado: Divulgada lista de grupos do NE selecionados para o evento em ST

A aula-espetáculo é apresentada a partir do diálogo entre “Zé do Passo” e dona “Maria Bonita”, primeira mulher a entrar no bando de Lampião. Eles irão apresentar o surgimento de cada ritmo e demonstrar juntamente com um passista/folião e um cangaceiro, devidamente caracterizados, as influências e semelhanças entre as duas danças, genuinamente pernambucanas.

Trazendo a musicalidade e uma dinâmica para a apresentação a “Orquestra Serrana de Frevo”, que ao vivo completa a trupe de artistas que realizou apresentação no último dia 6, na Escola Municipal Enock Inácio de Oliveira, em Santa Rita, Zona Rural do município de Serra Talhada. O Projeto foi um dos contemplados pelo Edital Artista Plástico Anderson Santos, da Lei Paulo Gustavo Municipal – 2023 de Serra Talhada.

Veja também:   Anildomá Williams assume cargo na cultura a pedido de Lula

LP dos Cabras de Lampião inspira projeto que une Frevo e Xaxado

LP dos Cabras de Lampião inspira projeto que une Frevo e Xaxado