Lula fala sobre "carona" em jatinho que causou gritaria nas redes sociaisDo Revista Forum

 

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou nesta sexta-feira (18), diretamente de Lisboa, em Portugal, sobre a “carona” que ganhou em um jato particular de um empresário para ir à Conferência para o Clima da Organização das Nações Unidas, a COP27.

Lula e sua comitiva viajaram ao Egito na aeronave do empresário José Seripieri Junior, que foi alvo da operação Lava Jato, e o fato gerou inúmeras críticas nas redes sociais e pautou boa parte da cobertura da imprensa sobre a viagem do presidente eleito.

Veja também:   Estudantes de escola pública ganham prêmios

Questionado sobre o assunto durante coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro de Portugal, António Costa, Lula explicou que foi convidado a ir à COP27 pelos governadores da Amazônia e pelo presidente do Egito, mas que nenhum deles o ofereceu transporte.

“Eu tenho um amigo que também ia à COP e me convidou. Fui em um avião novo, seguro, e um presidente eleito tem que ter segurança. Ainda mais com bolsonaristas raivosos espalhado mundo afora”, declarou.

“Se o Estado brasileiro fosse mais democrático e tivesse um presidente responsável, quem sabe ele tivesse oferecido um avião da FAB para me levar. Mas, não. Então, eu sou grato ao meu amigo que me emprestou o avião”, prosseguiu.

Veja também:   Homem suspeito de manter mulher e os 2 filhos em cárcere privado no RJ