Lula pede voto para Boulos em SP e Nunes vai à Justiça
Presidente Lula sobre Boulos em Ato das Centrais Sindicais do Dia do Trabalho, na Arena Neo Química do Corinthians: ”Ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo” (crédito: Paulo Pinto/Agência Brasil)

Por Diário de Pernambuco

Faltando três meses para o início da campanha para o pleito municipal deste ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se antecipou e deu a largada à corrida eleitoral em São Paulo, entrando de cabeça na disputa pela maior Prefeitura do país. O chefe do Executivo pediu votos para o deputado federal Guilherme Boulos (PSol-SP), pré-candidato nas eleições deste ano.

As declarações foram feitas em ato realizado ontem em comemoração ao Dia do Trabalho, na Arena Neo Química, estádio do Corinthians, em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo. O evento foi transmitido pelo Canal Gov, TV oficial do governo.

Veja também:   Homem forja sequestro para esposa desistir do divórcio

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

O chefe do Executivo, que é corintiano, subiu em um trio elétrico e discursou para apoiadores e sindicalistas que estavam no evento. A arena tem capacidade para 49 mil pessoas sentadas, mas o público ficou abaixo do esperado.

Boulos, que é líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), discursou pouco antes do petista, e afirmou que “o lado de lá inventa mentiras sobre o Brasil”, se referindo a políticos de oposição ao governo, e elogiou a gestão atual do governo federal. Em seguida, disse que Boulos é seu candidato na cidade e instigou o público a votar no aliado.

Veja também:   Parte do teto de shopping desaba e causa pânico entre clientes

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

“Esse rapaz, esse jovem, ele está disputando uma verdadeira guerra aqui em São Paulo. Ele está disputando com o nosso adversário nacional, ele está disputando contra o nosso adversário estadual e ele está disputando contra o nosso adversário municipal.

Ele está enfrentando três adversários e, por isso, eu quero dizer para vocês, ninguém derrotará esse moço aqui se vocês votarem no Boulos para prefeito de São Paulo nas próximas eleições. E eu vou fazer um apelo: cada pessoa que votou no Lula em 1989, em 1994, em 1998, em 2006, em 2010, em 2018, em 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo”, disse o presidente.

Veja também:   Lula embarca de SP em viagem ao Egito para COP 27