Mãe de ST luta para curar doença grave de filha e pede ajuda

Foto: Arquivo Pessoal / cedida ao Farol de Notícias

Publicado às 05h25 deste domingo (5)

Uma mãe serra-talhadense vive uma batalha para tratar sua filha que com apenas seis meses de idade fica com a pele arroxeada. Maria JÚlia Nunes da Costa, de 22 anos, desempregada e moradora do bairro Vila Bela, é mãe de Maria Laura, criança diagnosticada com cianose há um mês.

Segundo Maria JÚlia, a sua filha fica com os lábios, a língua, os pés e a pele ao redor dos olhos arroxeadas e ela ficou bastante assustada ao ver a filha tão pequena com os sintomas da doença. A cianose é causada por alterações na circulação do sangue ou na oxigenação da hemoglobina, um dos componentes dos glóbulos vermelhos.

Veja também:   Manifestantes vão às ruas e invadem lojas de luxo; veja vídeo

Maria Laura precisa realizar uma série de exames para iniciar o tratamento e a mãe cria seus três filhos, de 4 a 7 anos, com dificuldade. Ela é solteira e mora sozinha com as crianças, sobrevivendo com a renda que recebe do Bolsa Família. “Estamos precisando de qualquer tipo de ajuda, cesta básica para eu e meus outros filhos, fralda leite, tudo será bem recebido”, comentou a mãe.

A doença pode ser causada pela exposição ao frio, e comumente relacionada a doenças como insuficiência cardíaca, asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo telefone (87) 99912-6017.

Veja também:   STJ julga processo mais antigo do país