O FAROL publica o resultado da reunião entre prefeitos eleitos realizada na semana passada no município de Afogados da Ingazeira, a 96 km de Serra Talhada, com o intuito de discutir soluções de combate à estiagem na região. O petista Luciano Duque participou do encontro e deu sua contribuição assinando o documento chamado “Carta do Pajeú”, que será entregue ao governador Eduardo Campos (PSB) pedindo ações urgentes. Mas resta a dúvida: como fazer com que esse célebre ato não vire, como de costume, apenas discursos vazios para um momento tão carente de atitude?

Foto: Marcelo Patriota

CARTA DO PAJEÚ

Senhor Governador Eduardo Campos,

A seca é um fenômeno histórico tão antigo quanto recorrente. Conviver com a escassez de água é algo que nós, Sertanejos, aprendemos a lidar desde o início de nossas vidas. Acima das ações emergenciais, sempre defendemos ações permanentes, duradouras e sustentáveis de convivência com o semiárido. Infelizmente, o agravamento da estiagem e o pré-colapso dos mananciais que abastecem nossa região, não nos permitem esperar apenas pelas ações estruturadoras. É necessária a adoção de medidas emergenciais, em caráter de irrevogável urgência, para que possamos enfrentar com dignidade esta que se configura como uma das mais graves e devastadoras secas dos últimos anos. Sendo assim, os Prefeitos eleitos do Sertão do Pajeú, reunidos em Afogados da Ingazeira, apresentam a Vossa Excelência as seguintes reivindicações:

– Cobrar mais agilidade na execução da obra, garantindo o cumprimento dos prazos estipulados no projeto inicial, sanando as causas que tem provocado lentidão no trecho entre Floresta e Serra Talhada, e paralisação completa no trecho Serra Talhada – Afogados da Ingazeira.

– Dobrar os turnos de trabalho e envolver o Exército Brasileiro na execução da 3ª etapa da obra, dando-lhe a agilidade e transparência necessárias.

Veja também:   Márcia se empolga: 'É Lula lá e Danilo cá'

– Construção da adutora de Serrinha, em Serra Talhada, ampliando a oferta de água na adutora do Pajeú e permitindo o atendimento dos municípios do Alto Pajeú.

• Recuperação dos poços tubulares e instalação de sistemas simplificados de abastecimento na zona rural dos municípios.

– Agilizar a licitação para o início das obras da barragem de Ingazeira.

• Desassoreamento, com ampliação, de todas as barragens do Sertão do Pajeú, priorizando as que abastecem os municípios e as que já estão em colapso.

• Realizar a limpeza de açudes e barragens comunitárias que atendem às comunidades rurais.

Ação enérgica de gerenciamento e fiscalização quanto ao uso indevido da água dos mananciais, priorizando o consumo humano.

– Instalação de uma força-tarefa na região com diversos órgãos do poder público Federal, Estadual e Municipal, gerenciando as ações emergenciais e estruturantes e minimizando os efeitos negativos da estiagem.

Afogados da Ingazeira, 9 de Novembro de 2012

___________________________
José Coimbra Patriota Filho
Afogados da Ingazeira

___________________________
Luciano Duque
Serra Talhada

___________________________
Romério Augusto Guimarães
São José do Egito

_____________________________
Edvan César Pessoa (Deva)
Tuparetama

__________________________
José Vanderlei da Silva
Brejinho

__________________________
Luciano Torres
Ingazeira

__________________________
Arquimedes Machado
Itapetim

___________________________
José Mário Cassiano Bezerra
Carnaíba

____________________________
Sebastião Dias
Tabira

________________________
José Pereira Nunes
Quixaba