Márcia altera horário de expediente nos dias de jogos da seleção

Foto: Assessoria

Publicado às 09h10 desta terça-feira (18)

A prefeita de Serra Talhada, Marcia Conrado (PT), assinou um decreto municipal alterando o horário de expediente nos dias de jogos da seleção Brasileira Feminina de Futebol na Copa do Mundo da FIFA de 2023 na primeira fase da competição. Durante os dias 24 e 29 de julho e 02 de agosto o expediente nas repartições serão adaptados de acordo com as partidas. O decreto segue a mesma linha do adotado em 2022, quando a seleção masculina de futebol participou do torneio mundial.

Veja também:   STF manda retomar investigação sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

“Sabemos que o Brasil é o país do futebol e o quanto esse esporte mexe com o coração dos brasileiros, sobretudo em época de Copa do Mundo. E, se no ano passado, durante os jogos na seleção masculina, os horários do expediente foram alterados, nada mais justo do que seguirmos a mesma linha este ano, durante a participação das atletas mulheres nos jogos. Considerando o princípio da igualdade, bem como o dever da administração pública de promover ações afirmativas e que reforcem o compromisso na luta contra o preconceito sofrido por nós, mulheres, quando buscamos espaços em lugares anteriormente nunca preenchidos por nós. Será através de desafios, mas também de muita determinação, que iremos superar as adversidades e mostrar que estamos buscando diariamente inovar em nossas ações e atitudes perante a sociedade”, afirmou a prefeita Márcia Conrado.

Veja também:   Pessival contra-ataca e tece críticas ao PSL

De acordo com o decreto, os expedientes durante os jogos da primeira fase serão da seguinte forma: dia 24 de julho, das 11h às 13h; 29 de julho, das 10h às 13h; e 02 de agosto às das 10h às 13h. Ficam excetuados os serviços essenciais, com exceção daqueles serviços cujo funcionamento seja indispensável, tais como saúde e segurança contínuos, que manterão o funcionamento normal.

Secretária municipal da Mulher, Vera Gama destaca que a medida é uma das ações que reforçam o compromisso da gestão com a política de igualdade de gênero. “Nossa gestão tem buscado, a cada dia, ampliar a representatividade feminina, e podemos ver isso inclusive no conjunto de secretárias municipais, que ocupam diversas pastas. São iniciativas que mostram nosso comprometimento com a política de gênero”, frisou.

Veja também:   Barroso suspende quebra de sigilo de dois ex-funcionários do Ministério da Saúde