Fotos: Instagram

Publicado às 13h23 desta terça-feira (7)

Mesmo sem realizar o Desfile Cívico de 7 de setembro, em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Serra Talhada, promoveu, na manhã desta terça-feira (7), a cerimônia de Hasteamento da Bandeira, em frente ao edifício sede da Prefeitura, no Centro. Autoridades civis, militares e religiosa estiveram presentes, além do vice-Prefeito, Márcio Oliveira, vereadores e secretários municipais.

Durante o discurso, a prefeita petista Márcia Conrado acabou mandado um recado indireto a claque bolsonarista, que se apropriou das cores verde e amarela da bandeira, como símbolos para impor uma pauta autoritária e anti-democrática no País. Ainda durante o discurso, a prefeita foi de encontro ao discurso do presidente da República, Jair Bolsonaro, que ‘povo armado é povo livre’.

“Hoje acordamos com a certeza que este verde e amarelo que brilha e tremula na nossa bandeira não são propriedade privada de ninguém, ele é de todos, é nosso. Por isso, a melhor maneira de comemorarmos a independência é sermos independentes e livres para que tenhamos desenvolvimento humano, para que possamos viver a vida que desejamos, é necessário que se remova as principais fontes de privação de liberdade, a pobreza e a tirania”, disse a prefeita, que não esqueceu de focar na pandemia em seu discurso.

“Ainda estamos atravessando uma pandemia sem precedentes históricos, mas a ciência, aliada a vontade de superar, vem demonstrando que podemos ir cada vez mais longe. O fato de pensarmos diferentes não nos transforma em inimigos, afinal, o princípio da democracia é o respeito a expressão do pensamento. Enfim, somos todos brasileiros, filhos de uma mesma nação”.

Veja também:   Cobra jiboia é encontrada dentro de um poço em ST