Márcia faz renovação do PAA e dispara: 'No passado teve até PF'
Prefeita Márcia Conrado – Fotos: Farol de Noticias – Licca Lima

A prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), promoveu um ato público na manhã desta segunda-feira (22) para anunciar o relançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O programa foi um dos carros-chefes dos dois governos do presidente Lula, gerando renda a milhares de agricultores familiares espalhados pelo Brasil.

O evento ocorreu na Rua Joca Magalhães, que foi interditada para receber cerca de 90 agricultores cadastrados, além de vereadores e dezenas de cargos comissionados. Empolgada, a prefeita revelou que apenas dois municípios tinham sido contemplados nesta fase, e atribuiu o fato ao carinho que Lula tem por Serra Talhada.

“Nessa primeira etapa do PAA, apenas dois municípios, dos 184, foram contemplados. Um é Serra Talhada. O próprio presidente Lula diz que sou ‘a prefeita do coração dele’. A gente continua trabalhando desta forma, sem descanso. O coordenador do PAA (Zé Paulo) disse que nunca entrou na conta tantos recursos como agora. Vamos continuar trabalhando para zona rural. Vocês são merecedores sim, porque trabalham muito e precisam deste dinheiro no bolso. A gente tem investido muito na zona rural”, discursou a petista.

Veja também:   Sebastião Oliveira vai comentar 'chuva' de outdoors em ST

BOLSONARO E RECADO À OPOSIÇÃO

Já de olho nas Eleições 2024, Márcia Conrado aproveitou para tecer críticas ao ex-presidente Jair Bolsonaro, e não poupou a oposição liderada pelo deputado Luciano Duque.

“A gente não tem medo. Escuto muito o conselho do ex-vereador Pessival Gomes, que diz: ‘palavras loucas, ouvidos moucos’. Se a gente for perder tempo com picuinhas, com brigas… a gente volta a era de Bolsonaro. Era apenas briga e não se fazia nada, e o Brasil voltou ao mapa da miséria e da fome. Eu escolho o lado do PT, de Luiz Inácio Lula da Silva, e acima de tudo, o lado do meu povo”, reforçou.

Veja também:   Estudante de ST é flagrado com carro de luxo roubado na 232

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão (clique aqui)

POLÍCIA FEDERAL

Mas a ‘chapa esquentou’ quando a petista fez uma citação indireta ao governo do então prefeito Luciano Duque, quando houveram problemas na distribuição dos recursos do PAA.

Mesmo sem citar nomes, a gestora fez questão de citar supostas irregularidades que foram investigadas pela Polícia Federal, na época, mas nada foi comprovado.

“Sei que muitos ficaram com medo de entregar seus documentos, porque no passado, tiveram a Polícia Federal onde não mereciam, mas aqui a transparência fala acima de tudo. Aqui vocês produzem e vocês é quem vão receber pelo que produziram, quem tá na ponta, precisando, vai receber a comida de melhor qualidade. Aqui não precisa ter medo de nada, porque quando a verdade entra na frente, e a transparência, Deus é quem recompensa”, finalizou Márcia Conrado.

Veja também:   Assassino diz que atacou menina após ela gritar

Márcia faz renovação do PAA e dispara: 'No passado teve até PF'