Marília revela que Duque não queria se 'juntar' com os irmãos Oliveira

Esta sexta-feira (24) foi de revelações que abalaram os bastidores da política em Serra Talhada.

Enquanto o deputado Luciano Duque participava de uma coletiva de imprensa, apontando falhas na gestão Márcia Conrado e lançando a sua pré-candidatura a prefeito, em Recife, na Rádio Folha, a ex-deputada Marília Arraes ‘alfinetava’ Duque, e dava sinais de que iria complicar seus planos.

Durante a entrevista, Arraes focou entre outros argumentos, revelando que Luciano nunca quis uma convivência pacífica com o deputado Waldemar Oliveira e com o ex-deputado Sebastião Oliveira. Muito pelo contrário.

Veja também:   Sebastião revela entrega de obra de mais de R$ 24 milhões

“Eu dei uma entrevista dizendo que queria muito fazer uma aproximação entre ele [Luciano] e o grupo dos Oliveiras, Sebastião e do deputado Waldemar Oliveira. E ele veio e disse que não autorizava, que não se juntava com os Oliveiras de jeito nenhum. Não houve esse esse diálogo, durante todos esses meses ele passou sem nenhum, absolutamente, nenhum contato comigo. Voltou a me procurar em março, simplesmente informando que queria ser candidato e querendo saber a posição do partido. E eu falei: ‘olhe, durante esses nove meses houve vários desdobramentos”, explicou Marília Arraes, como se já tivesse tudo definido com o PT.

Veja também:   Victor Oliveira fala tudo sobre eleições 2020 neste sábado (13)