Médico assassinado no Rio é irmão de deputada do PSOL

Foto: Reprodução/ Redes sociais

Por Jornal do Commercio

Um dos médicos assassinados em um quiosque da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta-feira (5), é irmão da deputada federal Sâmia Bomfim, do PSOL de São Paulo. Diego Ralf Bomfim tinha 35 anos e chegou a ser levado para um hospital após o atentado, mas não resistiu. A informação é de O Globo.

No momento da execução, pelo menos três criminosos armados desceram de um carro e atiraram contra três médicos paulistas que estavam sentados na orla da Avenida Lúcio Costa. Imagens de câmera de segurança mostram o momento do ataque.

Veja também:   LEITOR FAZ A PAUTA: No Ipsep, esgotos a céu aberto se multiplicam, mas IPTU já chegou

Irmão de Sâmia Bomfim

Diego Ralf Bomfim era graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina Dr. Domingos Leonardo Cerávolo, da Universidade do Oeste Paulista. Ele era especialista em Ortopedia e Traumatologia, em cirurgia do pé e tornozelo e em reconstrução óssea.

Publicações nas redes sociais mostram várias fotos de Diego e Sâmia juntos, ao lado da família. Até o momento, a parlamentar não se pronunciou publicamente sobre a morte do irmão.

No site da Câmara Municipal de São Paulo, a biografia de Sâmia, publicada na época em que ela era vereadora, diz que a parlamentar é “filha de Antonia Bomfim e Domingos Bomfim e irmã de Dayane e Diego”.

Veja também:   Acidente acaba com os sonhos de mais um jovem em ST; amigos alertam para sinalização

O presidente Lula lamentou a morte do irmão de Sâmia Bomfim e afirmou que a Polícia Federal investigará o caso.

Como foi o crime

Os médicos estavam na cidade para participar de um congresso de ortopedia num hotel que fica em frente ao quiosque onde ocorreu o crime, e onde os médicos estavam hospedados.

No momento do ataque, outras pessoas também estavam no quiosque. Houve correria no local.

Além do irmão de Sâmia, foram mortos Marcos de Andrade Corsato, de 63 anos, diretor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), e Perseu Ribeiro Almeida, de 33, que era era especialista em Cirurgia do Pé e Tornozelo pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Veja também:   Biden chama Putin de “criminoso de guerra”

Um quarto homem, identificado como Daniel Sonnewend Proença, também foi ferido e levado para o Hospital Lourenço Jorge, também na Barra.

CONFIRA O VÍDEO