Nos próximos dias 17 e 18, a “Mesa de Glosa: entre a tradição e o virtual” vai reunir, na web, nomes da literatura em programação aberta ao público

O desafio do improviso em sintonia com as características da poesia é a grande definição da Mesa de Glosa. Nascida no sertão de Pernambuco, a modalidade será o tema da atividade realizada pelo Sesc Triunfo com a Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira (Appta).

“Queremos valorizar essa nossa arte e aproximá-la do público, especialmente porque é algo genuinamente pernambucano. Então, teremos nomes importantes de pesquisadores e artistas de nossa região”, explica a professora de Artes e Literatura do Sesc, Aurilene Ferreira, que será a mediadora dos dois dias de encontro virtual.

A transmissão vai acontecer no Youtube e Facebook da Appta, sempre às 19h. Nesta quarta-feira (17/06), vão participar da brincadeira de rima e criatividade Alexandre Morais, Dedé Monteiro, Genildo Santana, Zé Paulo do Pajeú e José Adalberto. Na quinta-feira (18/06), o objetivo do encontro é conversar sobre a modalidade com os poetas Dedé Monteiro e Genildo Santana e as pesquisadoras Luna Vitrolira e Maria Alice Amorim.