Publicado às 06h14 desta quinta-feira (30)

Após Unidade Básica da Família do bairro Borborema, em Serra Talhada, ficar sem médico e com o aumento de pessoas com sintomas gripais, um morador do bairro que preferiu não se identificar recorreu ao Farol para cobrar do município uma providência frente a situação sanitária que se encontram.

”Já tem aproximadamente 15 dias que a unidade do postinho de saúde do Borborema está sem médico. O povo é batendo um nos outros aqui doente e com essa nova infestação de covid por aí e em Serra Talha não está distante, muito menos está insenta. O povo do Borborema está a mingua, não tem médico, só tem a pobre da enfermeira lá e o pessoal está precisando, um monte de pessoas, crianças, idosos doentes, gripados, tossindo”, apelou o morador.

Veja também:   Jojo Todynho expõe cantada em seu marido: "coisa feia"

O OUTRO LADO

Diante dos fatos apresentados pelo morador, a reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura e foi informada que estão tentando providenciar outro médico para a unidade e que a comunidade não está sem assistência.

”A médica da unidade pediu desligamento. O município está tentando contratar outro profissional, mas não é fácil. Porém, a unidade não está desassistida. Há enfermeira diariamente e atendimento médico duas vezes por semana.”