Publicado às 05h10 desta quinta-feira (2)

O serra-talhadense Antonio Josivan, 30 anos, morador da Rua Maria Raimunda da Conceição, no bairro José Tomé de Souza Ramos, entrou em contato com a redação do Farol de Notícias para reclamar de um terreno baldio que há dois meses está repleto de lixo e restos de plantas que foram podadas na região.

“Esse terreno que a prefeitura fez a poda de umas árvores quando estava calçando a rua, e já está com mais de dois meses. Está lá a madeira, plantas e demais coisas, lixo. Foi feito tudo e não fizeram a limpeza, pegasse o dinheiro que estão investindo nesses cantores e alugasse uma caçamba. Vejam aí o que podem fazer, acionar a prefeitura ou quem quer que seja responsável para fazer essa limpeza no bairro”, reclamou o leitor.

Veja também:   Moradora se revolta com lamaçal no bairro Ipsep, em ST