Publicado às 05h22 desta quarta-feira (22)

Os moradores das ruas sem calçamento que são mais movimentadas não têm sossego. Durante o período de estiagem vem a poeira que não tem dona de casa que dê jeito além de ser prejudicial a saúde. Quando chove, o dilema não é tão diferente assim como afirma a cabeleireira Kerlle Fontes, 36 anos, moradora da Rua Maria José Pereira Kerle no bairro AABB, em Serra Talhada. Após 9 anos de expectativa de ver sua rua calçada e as consequências da chuva dessa segunda-feira(20), ela encaminhou ao Farol sua indignação diante da situação.

”Calçaram ruas vizinhas, que fazem cruzamentos com nossa rua e nada de calçarem. Dizem que vão calçar, mas passam anos e anos e nada. Quando não chove, agente sofre com a poeira,  na chuva é pior. É uma rua movimentadíssima, em horário de pico a gente não pode ficar na calçada porque a rua fica branca de poeira, móveis que prestem a gente não tem porque a poeira come. Quando chove fica ainda pior porque  colocaram um barro para cobrir os buracos, mas vira um lamaçal super escorregadio, fica uma calamidade”, reclamou, acrescentando:

”Ontem não consegui tirar minha moto de casa porque eu ia cair porque as motos ficam derrapando. Já teve várias reclamações, já entramos em contato com a secretaria, com vários políticos e nada. Quando a gente liga para a secretaria dizem que ela já está na lista, mas até agora nada, não temos nenhuma previsão, eu nunca vi em lista nenhuma. Se está na lista, porque calçaram as ruas vizinhas e a nossa não? Morro aqui há 9 anos e até agora estamos nessa situação”, lamentou Kerlle.

Veja também:   OMS confirma 94 novos casos de varíola dos macacos e prevê aumento

O OUTRO LADO

Em conversa com o Farol, o secretário de Obras do município, CristianoMeenzes, justificou afirmando o não calçamento da Rua Maria José Pereira Kerle: ”Várias ruas ainda precisam ser pavimentadas. Temos vários projetos em andamento, mas tudo depende de captação de recursos junto ao Governo Federal e Estadual. A gestão tem dado continuidade nessa tarefa para viabilizar ainda mais obras no município”