Publicado às 18h10 dessa quarta (3)

Foto: Max Rodrigues/Farol

Nessa terça-feira (2), uma moradora do Alto da Conceição, que prefere não se identificar, entrou em contato com Farol para fazer denúncia sobre a rotina de horários de ônibus públicos no bairro Vila Bela. Segundo a leitora, ela precisou ir para o bairro e na volta para casa ficou 2h, à tarde, esperando uma condução. O Farol de Notícias foi até o ponto para averiguar a situação e constatou que existe mesmo uma demora nas linhas, especialmente, na parte da tarde.

“É muito ruim a pessoa estar dependendo de ônibus e ficar de 1h30min a 2h esperando no ponto com o sol de Serra Talhada, tudo quente pegando fogo. Eu não sou moradora do bairro, mas eu vejo todo mundo reclamando porém ninguém tem coragem de falar, eu até falei para as pessoas que estavam no ônibus que elas precisavam reclamar sobre essa situação, é preciso botar outra linha de ônibus no Vila Bela, coloquem a boca no trombone, as pessoas do bairro parecem que têm medo de reclamar”, disse a leitora.

FAROL INDO AO LOCAL 

A equipe do Farol foi até o local averiguar a situação. Nossa reportagem registrou a passagem de uma condução depois de 1h à espera por um ônibus em uma das paradas do bairro. Também escutamos alguns moradores locais que alegaram a mesma coisa: tem ônibus com horário fixo só na parte da manhã, mas depois das 8h o tempo é mais espaçado e na parte da tarde a frequência de ônibus cai bruscamente. O último ônibus que vai para o Vila Bela é às 18h, eles dizem. Os moradores reforçaram que não existe um horário fixo na parte da tarde, especialmente. Devido essa incerteza, muitos preferem pegar o mototáxi.

“Tem ônibus aqui, mas de manhã tem mais. Na parte da tarde eles demoram mais a passar, mas não falta ônibus, de manhã tem até uma van que é do mesmo dono dos ônibus. Mas a tarde não tem horário fixo, eles passam mais ou menos de 1h a 1h30min”, afirmou uma moradora local, que prefere não se identificar. “O horário da manhã está normal, mas a tarde tem menos ônibus que de manhã”, relatou a diarista Cícera Maria, 54 anos.

“Os ônibus estão passando normalmente pela manhã e tem a van também, no decorrer do dia eles passam de vez em quando, até porque devido a quantidade de gente ser pouca, eles não podem andar de 15 minutos em 15 minutos, tem que dá o tempo de ir na rua e voltar. Tem vez que ele vai ali na Cobal, não tem nenhuma pessoa no ponto, aí ele volta. Não sei o horário que passa ônibus pela tarde, mas pela manhã tem ônibus às 6h da manhã”, pontuou um barbeiro local, que preferiu não se identificar.

“Antes, o percurso do ônibus era maior, passava em todos os pontos, agora só vai em linha reta, só vai até a Cobal e volta, ficou assim depois da pandemia. Tem ônibus e van pela manhã, logo cedo, antigamente tinha às 10h, mas nunca mais eu vi, os horários da tarde eu não sei, mas eles passam, só que não é como de manhã, eles demoram mais e tem ônibus até às 18h. As pessoas preferem pegar moto aqui, por que é mais certo na parte da tarde”, apontou aposentado, que preferiu não se identificar.

NOTA DA STTRANS SOBRE O CASO

O papel da STttrans é fiscalizar essas empresas que possuem a concessão, hoje temos duas empresas, o problema é que até a presente data não temos formulada nenhuma denúncia no Órgão de Trânsito, a população ao se sentir lesada tem que procurar denunciar ao órgão de trânsito, para sabermos a quem cobrar. Geralmente quando tomamos conhecimento de algumas irregularidades por parte dos concedentes é através da imprensa, o que nos leva a entrar em contato com os donos das empresas para apurarmos o que está acontecendo.

Venho pedir a população em geral que qualquer irregularidade por parte das empresas de ônibus, que seja feita a denuncia ao órgão de trânsito, tanto de forma presencial na sede, como também por telefone 3831-5738 ou pelo e-mail da sttrans: sttrans@serratalhada.pe.gov.br, para que assim possamos usar dos meios legais para punir a empresa que não está prestando o serviço a população como dispõe na legislação/concessão.

Atenciosamente Célio Antunes