Mulher agredida pelo ex-marido em supermercado de ST faz revelações
Violência doméstica – Foto: Arquivo Pessoal

Vítima de violência doméstica, em um supermercado de Serra Talhada, conversou com a redação do Farol nesta tarde de segunda-feira (11) sobre o drama que passou no relacionamento com o agressor.

Adriele Rosendo, de 29 anos, contou com exclusividade a nossa reportagem, que mesmo com uma medida protetiva, o ex-companheiro se aproximava dela. Ela disse estar indignada pois o homem que foi preso em flagrante por agressão, já está solto.

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Ele só aceita dar a pensão em alimentos. E não tem o cartão. Na sexta-feira (8). Tive que pegar uma declaração para fazer as compras. Mas foi negada. E falaram que ele teria quer ir juntamente comigo para fazer as compras. Chegando lá, ele se recusou a fazer o valor acordado e eu não aceitei, pois tínhamos um acordo” explicou Adriele.

Veja também:   Ex-presidente Michel Temer é preso

Como tudo aconteceu

Adriele está sendo acompanhada pelo Centro Especializado de Atendimento à Mulher – Ceam/Serra Talhada, e explicou que a agressão aconteceu depois que o genitor de seus filhos a xingou. Ela contou que chegou perto dele e o mandou calar a boca.

“Meus filhos viram tudo. Eu fui humilhada. Gritei pela segurança do supermercado, porque ele tentou fugir. Nisso segurei ele pela camisa e não deixei. Ele já está solto e os filhos aqui sem a pensão. Muitas mulheres passam por isso caladas” desabafou a mulher.

Veja também:   Política: Carlos começa peregrinação por municípios em busca de apoios

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol pelo Instagram (clique aqui)