Mulher é assassinada e companheiro é preso

Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Recife — Foto: Pedro Alves/G1

Por G1 Pernambuco

 

Uma mulher de 45 anos foi assassinada dentro de casa em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. A Polícia Civil informou que a vítima apresentava marcas de golpes de faca. O companheiro dela, de 41 anos, foi preso em flagrante por feminicídio.

O crime aconteceu no domingo (16), na localidade de Penedo. A mulher, que não teve o nome divulgado oficialmente pela polícia, ainda foi levada para o hospital e morreu na segunda (17).

Ainda segundo a polícia, o homem foi preso em flagrante na terça (18). Ele seguiu para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

Veja também:   Escola é invadida por bandidos em fuga; grupo foi preso

O homem, que também não teve o nome divulgado, vai passar por uma audiência de custódia. A Justiça decidirá se ele permanecerá preso ou se poderá responder em liberdade.

O crime de feminicídio fica configurado quando a mulher é morta por uma questão de gênero. Caso seja condenado, o homem poderá pegar de 15 a 30 anos de prisão. O caso foi registrado pela Força-Tarefa de Homicídios da região Metropolitana Norte.

Em Pernambuco, há 15 delegacias especializadas no atendimento a mulheres vítimas de violência. Seis delas funcionam em regime de plantão de 24 horas, todos os dias. Veja lista das unidades.

Veja também:   Após colidir em viatura, motociclista é preso

Violência contra as mulheres

Segundo levantamento do Monitor da Violência do g1, o Brasil teve um aumento de 5% nos casos de feminicídio em 2022 em comparação com 2021.

O trabalho foi feito com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. Ao todo, 1,4 mil mulheres foram mortas apenas pelo fato de serem mulheres.

Isso significa uma a cada 6 horas, em média. Este número é o maior registrado no país desde que a lei de feminicídio entrou em vigor, em 2015.

Veja também:   Americana conquista recorde

Em 2022, Pernambuco teve um aumento de 5,7% nos episódios de violência doméstica contra a mulher, segundo o balanço da Secretaria de Defesa Social (SDS). Foram 43.553 denúncias desse tipo. Isso equivale a quase 120 agressões por dia.

No mesmo ano, o estado registrou 3.418 crimes violentos letais intencionais (CVLI). Esse número corresponde a mais de nove homicídios por dia. Percentualmente, o ano passado teve 1,42% mais assassinatos do que em 2021.