Mulher é presa após chamar bombeiros 2,7 mil vezes por estar só

Foto: Divulgação / Segurança de Polícia Comunitária do Japão

Por Metrópoles

Uma mulher de 51 anos foi presa no Japão por ligar cerca de 2,7 mil vezes para o Corpo de Bombeiros. A suspeita, identificada como Niroko Hatagami, foi acusada de praticar trote contra a corporação.

As ligações aconteceram entre agosto de 2020 e maio de 2023. Segundo a imprensa local, Niroko admitiu ter ligado diversas vezes porque se sentia “sozinha e queria alguém para ouvir […] e me dar atenção”.

A mulher está desempregada e vivia na cidade de Matsudo, na província de Chiba. Niroko foi presa por suspeita de obstrução das operações do Corpo de Bombeiros.

Veja também:   Márcia Conrado conquista apoios em Serra Talhada

Niroko fez ligações falsas para emergências com diversas queixas, como dores no estômago, overdose de drogas e dores nas pernas. No entanto, quando os bombeiros chegavam ao local da ocorrência, a mulher negava que havia feito qualquer pedido de socorro.