Mulher é suspeita de estuprar, torturar e matar menina de 12 anosDo Metrópoles

Foto: Reprodução/BFM TV

 

Em Paris, na França, uma mulher de 24 anos foi acusada, nesta segunda-feira (17/10), pelo estupro e assassinato de uma menina de 12 anos, encontrada morta no porta-malas de um carro na última sexta (14/10).

O Ministério Público do país acusa a mulher dos crimes com agravantes de tortura e barbárie. Ela, que supostamente possui distúrbios psiquiátricos, foi presa preventivamente na madrugada de sábado (15/10). Um homem de 43 anos, que teria transportado a suspeita, também foi detido.

Morta por asfixia

O corpo de Lola, de 12 anos, foi encontrado por um morador de rua na noite da última sexta (14/10). Mais cedo, os pais de Lola reportaram o desaparecimento da filha porque ela não havia voltado da escola, localizada a poucos metros de casa.

Veja também:   TSE cassa governador de Tocantins

A acusada aparece nas imagens das câmeras de segurança do edifício. Segundo veículos de imprensa locais, uma testemunha relatou que a mulher lhe pediu ajuda para arrastar um grande baú.

Lola morreu por asfixia, concluiu a necropsia. Os exames também constataram lesões no pescoço. Agora, autoridades tentam descobrir motivações do crime.

Paris em choque

O caso repercutiu no país, principalmente em Paris. Líderes políticos e a prefeita da cidade, Anne Hidalgo, lamentaram o caso.

“Paris está de luto pela pequena Lola. Nossos pensamentos estão com ela e sua família”, publicou a prefeita nas redes nesta segunda.

Veja também:   Policial que matou jovem negro perto de Minneapolis será indiciada por homicídio culposo