receita federal
Foto: Reprodução

Uma serra-talhadense foi vítima de fraude na Receita Federal e só descobriu o crime 4 anos depois. Este caso chegou a Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada na manhã desta terça-feira (21).

De acordo com o relato da vítima, uma pessoa declarou o imposto de renda utilizando seus dados pessoais no ano de 2020 referente aos gastos de 2019, na cidade de Angra dos Reis, estado do Rio de Janeiro.

A senhora só descobriu o crime após ter a sua aposentadoria cancelada e procurar o INSS para saber o que aconteceu.

Veja também:   Aprovada a suspensão de pagamento de dívidas de aposentados

Chegando lá, foi informada que havia um problema em seus documentos e orientaram ela a procurar a Receita Federal.

Em seguida, a serra-talhadense foi informada de todo o esquema do golpe e garantiu que nunca esteve na cidade mencionada, e desconhece a declaração do imposto.

Logo, a equipe a orientou a prestar queixa na delegacia local. A polícia investiga o caso.