Do JC

 

Uma mulher de 60 anos morreu afogada na manhã desta quarta-feira (3) ao tentar passar de carro pelo Túnel Felipe Camarão, conhecido como Túnel do Jordão, na Zona Sul do Recife, que estava alagado.

O dia é de chuva na capital pernambucana, mas a passagem pelo túnel já estava repleta de água pelo menos desde a última segunda-feira (1º). Há anos, os constantes alagamentos no local são denunciados pela população e pela reportagem do JC.

Leia: equipamento no Recife tem histórico de constantes inundações

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros de Pernambuco fizeram o resgate do corpo nesta manhã. Ainda, ajudaram na retirada do carro do túnel alagado, que estava virado com as rodas para cima. Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram, também, populares auxiliando os bombeiros.

A corporação disse ter sido acionada às 8h37 para o resgate no túnel. Foram direcionadas três equipes, uma do Grupamento Marítimo, uma do Grupamento de Busca e Salvamento além de uma equipe de Auto Resgate.

Veja também:   Marília com folga e empate no segundo lugar

O corpo da mulher que morreu afogada ficou sobre os cuidados da guarnição da Polícia Militar de Pernambuco e da Polícia Científica de Pernambuco.

Túnel estava interditado

A Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU) informou pelas redes sociais que interditou o túnel às 6h59 devido a um “ponto de alagamento” — antes da mulher morrer afogada.

A assessoria de imprensa da CTTU explicou que colocou cavaletes no local, mas não direcionou agentes de trânsito ao equipamento por ele ser de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE), vinculado ao governo de Pernambuco.

Túnel estava interditado

A Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU) informou pelas redes sociais que interditou o túnel às 6h59 devido a um “ponto de alagamento” — antes da mulher morrer afogada.

Veja também:   Quanto tempo de rádio e TV cada candidato terá?

A assessoria de imprensa da CTTU explicou que colocou cavaletes no local, mas não direcionou agentes de trânsito ao equipamento por ele ser de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE), vinculado ao governo de Pernambuco.

A reportagem do JC entrou em contato com o DER-PE para obter um posicionamento e aguarda resposta.

Governo de Pernambuco prometeu consertar túnel

Em julho, o Blog de Jamildo noticiou que o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) havia terminado a licitação para a “contratação de empresa de consultoria especializada na área de engenharia para elaboração da adequação do projetos básico e executivo de engenharia para recuperação estrutural” do Túnel Felipe Camarão.

O túnel é conhecido pela população por alagar facilmente sempre que chove intensamente. Só em 2021, o JC publicou quatro reportagens sobre o assunto. Em setembro, ele foi interditado para realização de serviços no sistema elétrico.

O túnel foi projetado para reduzir os congestionamentos no cruzamento das Avenidas Mascarenhas de Morais e Maria Irene, facilitando o acesso ao bairro do Jordão e o retorno de veículos.

Veja também:   Marília comenta 'polêmica dos shows' em ST

Caso semelhante aconteceu em 2019

Em 13 de junho de 2019, uma mulher morreu depois que o carro em que ela estava com duas amigas – que sobreviveram – entrou no Túnel do Pina, na Zona Sul do Recife. As três mulheres seguiam de carro da Via Mangue para acessar o Túnel Josué de Castro, no Pina.

A vítima foi uma psicóloga de 34 anos, que estava no carro como passageira. A motorista não teria percebido que o local estava interditado por causa do alagamento e, ao entrar no túnel, não conseguiu mais votar, porque o automóvel ficou submerso.

Com muito esforço, a motorista e a outra passageira conseguiram sair do carro.