Mulher morre após receber contraste para fazer exame
Imagem ilustrativa

Por Metrópoles

Goiânia – Uma mulher de 47 anos morreu após receber contraste para fazer uma tomografia em um hospital, na capital goiana. Segundo a Polícia Civil (PC), a mulher chegou no hospital por volta das 21h, passando mal. Ela deu entrada na emergência para os primeiros socorros e, após fazer o exame com uso de contraste, teve uma parada cardíaca.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

O caso aconteceu na noite do último domingo (25/2). A vítima foi identificada como Joana da Conceição Ribeiro. Apesar da tentativa dos médicos, a saúde de Joana piorou e ela morreu horas depois. O corpo da vítima foi levado para o IML, onde passou por uma necropsia e exames complementares para identificar a causa da morte, que ainda não foi confirmada.

Veja também:   Entenda por que a data é associada ao medo e ao azar

De acordo com familiares de Joana, ela estava na igreja quando começou a sentir dores na barriga e eles chegaram a suspeitar de uma infecção urinária ou dores nos rins. A mulher então deixou a celebração religiosa antes de acabar e foi para o hospital.

Joana era gerente de uma empresa de costura, casada e tinha duas filhas. As cerimônias de velório e sepultamento aconteceram na segunda-feira (26/2).