Foto: Divulgação/PMPE

Uma mulher foi detida na cidade de Pesqueira, Agreste de Pernambuco, por vender gasolina de forma ilegal. Segundo a Polícia Militar, a suspeita foi autuada por crime contra a ordem econômica. O combustível era armazenado em garrafas PET.

De acordo com a polícia, militares da 8ª Companhia Independente de Policiamento com Motocicletas (CIPM) receberam informações sobre um comércio ilegal de combustíveis na aldeia Caldeirão, nessa segunda-feira (6).

No local, os policiais avistaram uma placa em frente a uma residência com o seguinte escrito em um cartaz: “Vende-se gasolina. 1L= R$, FIADO NÃO!”.

“A proprietária da casa foi consultada se estava estocando o produto em casa para comercializar e respondeu que tinha três garrafas plásticas com aproximadamente seis litros no total”, informou a PM, por meio de nota.

Diante da confirmação, a mulher foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Pesqueira para a adoção das medidas legais cabíveis.

Veja também:   PE libera quarta dose da vacina contra covid-19