Publicado às 04h35 desta quarta-feira (30)

Mesmo com as dificuldade em adquirir doações nesse período de pandemia, o Projeto Emanuel, idealizado por Ligerlândia Mary Nascimento da Silva, 29 anos, há 4 anos, consegue fazer uma ações solidárias em prol dos mais necessitados. Nessa segunda-feira (28), 15 cestas básicas e roupas foram doadas no o bairro São Cristóvão, fechando o ano de serviços prestados.

Ligerlândia revelou ao Farol de Notícias que não conseguiu doações suficientes para compor as 20 cestas para as 20 famílias cadastradas no projeto, por isso precisou selecionar 15 famílias mais necessitadas para serem contempladas. Segundo ela, também foi distribuído 3 sacos de roupas com peças de adulto, infantil e bebê.

”Estamos com muitas dificuldades para receber doações, muitas pessoas já não doam mais, mas eu não pretendo parar, vou juntando até dar para distribuir. Vou continuar, me sinto muito bem ajudando o próximo, é uma terapia para mim,” disse a serra-talhadense.

”Eu sei que muitas vezes não é fácil para ela batalhar por nós todas, mas ela consegue alimentação, a roupa e graças a Deus, com toda educação do mundo, ela consegue exercer isso aí. Então gente, eu só tenho a agradecer a vocês e que vocês nunca deixem de ajudar a gente porque todo mundo precisa, muito obrigada,” agradeceu Graciela de Souza Silva, 31 anos, faxineira cadastrada no Projeto Emanuel.

Quem desejar ser um colaborador do Projeto Emanuel pode entrar em contato com Ligerlândia pelo telefone: (87) 9 8875-7614. Doações em dinheiro pode ser feitas através de depósito ou transferência para conta da Caixa Econômica.

Agência: 0914

Conta: 12550-5

CPF: 078.405.114-30/Ligerlândia Mary Nascimento da Silva

Veja também:   Os perigos e a história do paredão do Açude Saco em ST

Para saber mais sobre o Projeto Emanuel acesse o perfil do Instagram @projetoemanueloficial