Do NE-10 Interior

Reprodução/Instagram

Uma mulher trans pernambucana morreu em uma clínica da cidade de São Paulo depois de ser abandonada sedada dentro de um bloco cirúrgico enquanto o local pegava fogo. Lorena Muniz, de 25 anos, fazia uma cirurgia para implantar silicone e foi deixada pelos profissionais de saúde na mesa de cirurgia enquanto o fogo tomava conta do local.

A cirurgia ocorreu na última quarta-feira (17), em uma clínica da cidade de Taboão da Serra, em São Paulo, e a morte da pernambucana foi confirmada no domingo (21). Lorena teria ficado por muito tempo sozinha e inalou grande quantidade de fumaça.