Do Diario de PE

O bilionário Elon Musk anunciou, nesta sexta-feira (13/5), a suspensão temporária da compra do Twitter. O anúncio fez com que as ações da empresa despencassem no pré-mercado de Nova York.

De acordo com o CEO da Tesla, a suspensão da compra será mantida até a rede apresentar detalhes sobre o cálculo das contas falsas.

Pelo próprio Twitter, Elon Musk, disse que a compra será mantida com a condição de que as contas falsas realmente representem menos de 5% dos inscritos. Este cálculo foi apresentado pela própria rede social em um relatório divulgado na semana passada.

“O acordo do Twitter está temporariamente suspenso, à espera de detalhes que sustentem o cálculo de que contas falsas e de spam representam de fato menos de 5% dos usuários”, afirmou.

O bilionário já tinha dito pela rede social que uma de suas prioridades seria remover “bots de spam” da plataforma.

O resultado do anúncio fez com que ação do grupo caísse quase 20% nas negociações eletrônicas prévias à abertura da Bolsa de Wall Street.

Musk, que é considerado o homem mais rico do mundo, anunciou a compra da rede social em abril deste ano por US$ 44 bilhões.

Veja também:   Sem verbas, ONG pode fechar portas em ST