Negociações em PE aumentam quase 90%

Do Diario de PE / Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A Serasa divulgou, na última terça-feira (25), durante coletiva de imprensa, índices de inadimplência em Pernambuco, após o início do programa Desenrola Brasil. O número de negociações de dívidas registrou um aumento de quase 90%, comparado ao mês de junho. A primeira fase do programa do governo federal foi realizada de 17 a 23 de julho.
No estado pernambucano, 41.862 consumidores conseguiram negociar suas dívidas por meio do Serasa Limpa Nome. Em junho, esse número atingiu pouco mais de 22 mil negociações. Segundo a direção do Serasa, os descontos oferecidos atingiram R$ 99.750.687,93, variando mais de 123% em comparação com períodos anteriores ao programa. “Observamos que o número de desnegativações é maior do que em junho, um mês que já apresentava queda. No entanto, isso dependerá da quantidade de novos entrantes no cadastro de inadimplentes, mas mesmo assim, nossa expectativa é que a tendência seja de queda”, completou o diretor Matheus Moura.
 
No Brasil
Na primeira semana do programa foi registrado crescimento de 62% no número de negociações, conforme os dados apresentados. Considerando todos os descontos concedidos no Serasa Limpa Nome, o valor acumulado chegou a R$ 2,6 bilhões (aumento de 90% em relação a junho). No mesmo período, a plataforma registrou 231.941 renegociações bancárias. As renegociações não bancárias também tiveram aumentaram consideravelmente, chegando a 814.221 (aumento de 60%).
Segundo o levantamento apresentado, a maior parcela das dívidas corresponde a Bancos e Cartões de Crédito (31%). Em seguida aparece as Contas de Luz e de Água (22,1%). As dívidas Financeiras correspondem a 15,2%. O débito com varejistas representa 11,4%. Já as contas de Serviços e Telefonia representam 10,6%, e 4,8%, respectivamente.
Veja também:   Bandidos invadem oficina em Serra Talhada