Do G1 Mundo

Foto: Reprodução/Instagram/Via BBC

Uma jovem americana de 22 anos desapareceu enquanto fazia uma viagem de carro com o noivo pelo país.

A polícia realizou uma operação de busca para encontrar Gabrielle “Gabby” Petito, que não se comunica com a família desde agosto, quando visitava o Parque Nacional Grand Teton, em Wyoming (EUA).

O namorado dela, Brian Laundrie, que voltou para casa sozinho na Flórida, é considerado uma “pessoa relevante” na investigação, segundo a polícia.

Laundrie voltou para casa em 1º de setembro, e os pais de Petito reportaram seu desaparecimento 10 dias depois.

A polícia afirma que embora o rapaz se recuse a falar com eles sobre o desaparecimento de Petito, ele não foi acusado de nenhum crime.

“Estamos implorando a qualquer pessoa, incluindo Brian, para compartilhar informações conosco sobre seu paradeiro nas últimas semanas”, diz o chefe de polícia de North Port, Todd Garrison.
Gabby Petito, em imagem de 2019 publicada em seu perfil em uma rede social — Foto: Reprodução/Instagram

Gabby Petito, em imagem de 2019 publicada em seu perfil em uma rede social — Foto: Reprodução/Instagram

“A falta de informação por parte de Brian está dificultando esta investigação. As respostas uma hora vão aparecer.”

Mas o advogado de Brian Laundrie, Steve Bertolino, defendeu o silêncio de seu cliente.

“Na minha experiência, os parceiros íntimos são muitas vezes a primeira pessoa à qual a polícia se volta em casos como este, e a advertência de que ‘qualquer declaração pode ser usada contra você’ é verdadeira, independentemente de meu cliente ter algo a ver com o desaparecimento de Petito.”

“Desta forma, seguindo o conselho do advogado, Laundrie não se pronuncia sobre este assunto”, diz Bertolino.

A família da jovem tem pedido respostas a Laundrie, incluindo informações sobre quando ele a viu pela última vez e “por que deixou Gabby sozinha e dirigiu sua van para a Flórida”.

“São perguntas críticas que exigem respostas imediatas”, afirmaram os familiares em um comunicado.

Em uma entrevista coletiva à imprensa na quinta-feira (16), o pai de Petito fez um apelo à população para fornecer qualquer informação que possa ser útil na investigação.

Viagem pelo país

O casal viajou em uma van Ford Transit branca em julho, documentando a experiência e postando atualizações regulares da viagem nas redes sociais.

Eles se filmaram sorrindo, se beijando e correndo por praias em um vídeo do YouTube chamado “Beginning Our Van Life Journey”, que foi visto mais de 600 mil vezes.

Duas semanas antes do desaparecimento da jovem, em 12 de agosto, a polícia da cidade de Moab, no sul de Utah, recebeu uma ligação sobre um possível incidente de violência doméstica envolvendo o casal.

Na quinta-feira (16), a polícia divulgou imagens de um vídeo gravado com uma bodycam (câmera acoplada ao uniforme do policial) em que a jovem aparece chorando e reclamando de sua saúde mental para o agente de segurança. E também reconhece que ela e o namorado estavam discutindo com mais frequência.

Os policiais que gravaram o vídeo recomendaram que eles passassem a noite separados, mas não registraram queixa. Ainda não se sabe o que aconteceu na sequência.

A van em que o casal viajava está sendo examinada pela polícia em busca de pistas que ajudem a esclarecer o mistério do desaparecimento da jovem.