Da CNN Brasil

Alexei Navalny, líder da oposição à Vladimir Putin, recebeu alta após 32 dias de internação no Hospital Charité, em Berlim, nesta terça-feira (22).

Um boletim médico publicado pela Charité, Centro Médico da Universidade de Berlim, divulgado nesta quarta (23), informa que a condição de Navalny melhorou para que ele pudesse receber alta. No entanto, mesmo após os médicos responsáveis pelo tratamento avaliarem que é possível uma recuperação completa, “ainda é muito cedo para dizer os efeitos potenciais de longo prazo de seu envenenamento.”

O opositor russo foi hospitalizado no dia 20 de agosto e transferido para a Alemanha dois dias depois, após ter uma mal súbito durante um voo para Moscou. Ele ficou internado no Charité por 32 dias sendo que, segundo o Complexo, passou 24 em Terapia Intensiva (UTI).

A confirmação de que Navalny foi envenenado aconteceu em 02 de setembro, pelo Governo da Alemanha. No dia seguinte, foi concluído que o envenenamento ocorreu por um agente neurotóxico chamado novichok, desenvolvido pela extinta URSS (União Sociética) para uso militar.

Boletim médico

Alexei Navalny, que estava recebendo tratamento na Charité – Universitätsmedizin Berlin desde 22 de agosto de 2020, teve alta ontem

A condição do paciente havia melhorado o suficiente para que ele recebesse alta da internação. Alexei Navalny estava recebendo tratamento em Charité por um total de 32 dias, dos quais 24 dias foram passados ??em terapia intensiva. Com base no progresso do paciente e na condição atual, os médicos responsáveis ??pelo tratamento acreditam que a recuperação completa é possível. No entanto, ainda é muito cedo para avaliar os efeitos potenciais de longo prazo de seu grave envenenamento.

A decisão de tornar públicos os detalhes da condição do Sr. Navalny foi feita em consulta com o paciente e sua esposa.