Os nômades digitais se espalham pelo mundoFonte: Pixabay

 

Nossos antepassados, quando viviam nas cavernas, possuíam um estilo de vida nômade, não por opção, mas pela necessidade de buscar novos locais com os recursos de que precisavam para sobreviver. Hoje em dia, na era da Internet e da conectividade global, muitas pessoas estão adaptando suas rotinas para o modelo nômade, não por necessidade, mas por opção. A facilidade de poder trabalhar em qualquer lugar do mundo, sem restrição a um local fixo de trabalho, permite que adquiram suas receitas para viver de maneira confortável onde quer que estejam.

Conhecidos como nômades digitais, esses profissionais atuam em diversas áreas em que é possível realizar suas atividades de maneira 100% remota, como, por exemplo, no mercado financeiro. As corretoras de forex, nas quais é possível negociar pares de moedas, são um dos setores em que os nômades digitais encontram grande facilidade para atuar. Com plataformas online seguras e fáceis de usar, investidores de todas as partes do mundo podem realizar suas operações, gerando uma movimentação de mais de 6,6 trilhões de dólares diariamente.

Veja também:   Ciclofaixa, 80 casos de Covid e infecção em ST

Desenvolvedores de software e programadores de jogos fazem parte de outra categoria de profissionais que têm se beneficiado muito do modelo de trabalho remoto e do estilo de vida nômade. Esses profissionais utilizam plataformas online muito versáteis e robustas, com excelentes recursos de controle das tarefas, prazos, testes e entregas. Tais funcionalidades garantem um aumento constante da produtividade dos trabalhadores dessa indústria que tem, no Brasil, uma produção estimada em mais de 60 bilhões de dólares.

Os social medias, por sua vez, atuam em uma profissão mais recente, que já nasceu com todos os requisitos para ser realizada de maneira remota e de qualquer lugar do planeta. Eles são os responsáveis por gerenciar as redes sociais de empresas, gerando conteúdo e interagindo com o público e os seguidores das marcas. Com uma pesquisa recente mostrando que 78% das empresas brasileiras estão nas redes sociais, o mercado de trabalho para esses profissionais é promissor.

Veja também:   Hospam já no 5º dia em 100% de UTI

Vantagens

Entre as vantagens de ser um nômade digital, a principal é poder viajar e vivenciar o dia a dia e a cultura de diversas partes do mundo. Outros benefícios frequentemente citados pelos adeptos desse estilo de vida são:

  • poder escolher onde trabalhar;
  • poder escolher com o que trabalhar;
  • fazer o próprio horário;
  • conhecer pessoas de todos os lugares.

Para ser um nômade digital, o profissional precisa dispor das ferramentas e equipamentos adequados para executar o seu trabalho, o que, na maioria dos casos, se resume a um notebook e os programas necessários. Depois, é só escolher um local seguro com uma conexão de Internet razoável, que pode ser dentro do próprio país ou no exterior.

Os nômades digitais se espalham pelo mundoFonte: Unsplash

Para onde ir

Diversos países têm criado condições especiais para atrair profissionais de outras partes do mundo para trabalharem em seu território. A Estônia, por exemplo, disponibiliza um visto especial para este público, permitindo que passem até um ano no país (contudo, esse prazo pode ser renovado). Na Costa Rica, os nômades podem tirar um visto de residente temporário sem precisar apresentar um contrato de trabalho. A Tailândia, por sua vez, também atrai nômades de todo o mundo, já que oferece baixo custo de vida, conexões de excelente qualidade e espaços de coworking, onde profissionais compartilham ambiente físico e recursos, embora estejam trabalhando em diferentes áreas e para empregadores diversos.

Veja também:   Moradores do São Cristóvão, em ST, estão sem água há uma semana

Para ser um nômade digital, é importante saber conciliar os horários de trabalho com aqueles dedicados ao lazer e a outras atividades pessoais. Afinal, o fato de estar em viagem por um local com uma cultura diferente da sua (e com muitas novidades para explorar) não pode afetar a realização das tarefas. Desse modo, é primordial criar uma escala de trabalho bem estruturada e obedecê-la fielmente, a fim de não comprometer o desempenho das atividades profissionais e, ao mesmo tempo, conseguir curtir ao máximo o que o local onde está trabalhando tem para oferecer, antes que chegue o momento de se mudar.