Da ISTOÉ

Pastor é condenado a 2 anos de prisão após dizer que Covid se cura com oraçãoUm pastor foi condenado a dois anos de prisão no Nepal após afirmar que apenas orações curam Covid-19. As informações são da Marie Claire.

Segundo o Union of Cathiolic Asian News, Keshav Acharya acabou condenado a prisão e também multado em 20 mil rúpias, cerca de R$ 929.

Em março desse ano o pastor já havia sido preso após um vídeo seu orando e espalhando informação falsa sobre a Covid-19 ter viralizado. Keshav foi liberado após duas semanas, mas foi detido momentos depois, acusado de “ultrajar sentimentos religiosos” e de “proselitismo”.

Veja também:   PRF reforça a fiscalização nas estradas durante a Semana Santa em Pernambuco

Ele ficou três meses preso, e acabou solto novamente após o pagamento de uma fiança no valor de 2.500 dólares, cerca de R$ 14 mil reais.