PE é o 5º estado com mais quilombolas

Do G1

Pernambuco tem a quinta maior população quilombola do Brasil, segundo o Censo 2022 do IBGE. Ao todo, 78.827 pessoas se declararam quilombolas no estado, equivalente a 0,87% da população pernambucana, de 9.058.155 habitantes.

São 196 comunidades quilombolas certificadas e 14 territórios oficialmente delimitados em Pernambuco, até julho de 2022, de acordo com dados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e de órgãos oficiais.

Em Pernambuco, 8.772 pessoas residiam em territórios oficialmente delimitados; destas, 6.769 se declararam quilombolas – 77,17% do total. O restante das pessoas que se autodeclararam quilombolas no Censo 2022 do IBGE, 72.058 pessoas, viviam fora de territórios delimitados.

Os municípios com territórios oficialmente delimitados com maior número de pessoas autodeclaradas quilombolas foram:

Veja também:   Lewandowski manda guerra da vacina para análise do plenário do STF

Os dados mostraram que em Pernambuco 0,91% dos domicílios particulares permanentes são ocupados com pelo menos um morador quilombola – percentual acima da média do Brasil, de 0,65%.

O estado tem uma média de 3,12 moradores por domicílio quilombola – pouco abaixo da média do Brasil, de 3,17 moradores por domicílio; e da região Nordeste, de 3,13 moradores por domicílio com pessoas que se declararam de origem quilombola.

O levantamento apontou ainda que, dos 184 municípios pernambucanos, em 111 existem pessoas que se autodeclararam quilombolas. As dez maiores populações quilombolas estão nos seguintes municípios:

Municípios com maior população quilombola em PE (números absolutos)

MunicípioPessoas quilombolasPopulação residenteTotal de quilombolas (%)
Custódia7.74437.69920,54%
Bom Conselho6.47344.26014,62%
Garanhuns4.837141.3113,42%
Mirandiba3.17513.97522,72%
Itaíba2.88832.6508,85%
Betânia2.44911.23221,8%
Goiana2.44381.0423,01%
São Bento do Uma2.40549.4484,86%
Tupanatinga2.37526.9408,82%
Águas Belas2.30441.5485,55%

Fonte: Censo 2022 – IBGE

À frente de Pernambuco, com maiores populações quilombolas no Brasil, estão os estados da Bahia (397.059 pessoas), do Maranhão (269.074 pessoas), de Minas Gerais (135.310 pessoas) e do Pará (135.033 pessoas).

A região Nordeste é a que concentra o maior número de habitantes que se declararam quilombolas no país, segundo o Censo 2022 do IBGE, com 68,2% do total, somando 905.415 pessoas. A população quilombola do Brasil identificada pelo Censo 2022 foi de 1.327.802 pessoas.

No Nordeste, 9,87% da população quilombola mora em territórios oficialmente delimitados e 70% viviam em territórios oficialmente delimitados.