PE tem quase 3 mil carros roubados ou furtados
Agora existe a possibilidade de isenção do imposto para quem é mototaxista ou motorista de veículos de transporte escolar (Foto: Marlon Diego/DP)

Do Diario de PE

Pernambuco registrou uma média diária de 31 veículos roubados ou furtados, entre janeiro e março deste ano.
No primeiro trimestre de 2024, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), foram quase 3 mil crimes desse tipo.
Essas informações estão no portal oficial da SDS na internet.
Segundo a SDS, 2.907 veículos foram parar na mão de bandidos em 91 dias, compreendidos nos três primeiros meses deste ano.
Somente em março, o Estado contabilizou 992 casos de automóveis roubados ou furtados.
No mês anterior, ao todo, foram 906 ocorrências registradas.
Isso significa um aumento de 9,4%, na  comparação entre os dois períodos.
Foram 86 crimes a mais em março em comparação com fevereiro.
Em março, Pernambuco tem uma média diária de 32 veículos furtados ou roubados.
Regiões
Em março, o interior do Estado foi a primeira região no ranking desses tipos de crime.
Segundo a SDS, 411 ocorrências foram registradas.  Se for comparado com o mês anterior, o aumento foi de 6,7%, já que fevereiro contabilizou um total de 385 ocorrências.
O interior do Estado já contabilizou 1.196 ocorrências no primeiro trimestre deste ano, chegando a uma média de 13 crimes diários.
A capital pernambucana ficou na segunda colocação no índice de ocorrências, com um total de 310 casos.
Foram 10 ocorrências a mais do que a registrada no mês anterior, quando em fevereiro fechou o mês com 300 casos.
Isso significa 3,3% se comparado os dois períodos.  A Região Metropolitana ficou na última posição do ranking, com o número de casos em março fechando em 271 ocorrências de roubos e furtos de veículos.
No mês anterior, o Estado contabilizou 221 ocorrências. Isso significa um aumento de 22,6% se comparado os dois períodos.
Cargas
Outro índice que também apresentou aumento de crimes no Estado foi o de roubos de cargas.
Segundo os dados da SDS, em março, foram registrados 43 casos.
Isso equivale a um aumento de 104,7%, na  comparação com o mês anterior, já que fevereiro fechou o mês com o registro de 21 ocorrências.
No primeiro trimestre de 2024, o Estado totaliza 86 ocorrências.
O interior do Estado foi a região que mais registrou casos em março, com um total de 19 registros.
O aumento foi de 72,7% se comparado com o mês anterior, já que fevereiro fechou o mês com 11 casos.
Reduções
Os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs) tiveram uma redução de casos na comparação entre os meses de março e fevereiro deste ano.
Segundo dados da SDS, em março o Estado contabilizou 3.567 ocorrências de roubos e furtos.
Isso significa uma redução de 7,6%, já que fevereiro fechou o mês com 3.861 ocorrências.
A capital pernambucana foi a líder no ranking de regiões com o maior índice de casos registrados em março, fechando o mês com 1.409 ocorrências.
Já a região interiorana do Estado ficou na segunda posição com 1.091 ocorrências, seguida da Região Metropolitana do Recife (RMR) que contabilizou em março um total de 1.067 casos.
No primeiro trimestre de 2024, o Estado contabilizou 11.406 ocorrências.
Veja também:   Professor morre em acidente na PE -180