Do Diario de Pernambuco 

O tailandês Narong Phetcharaj, de 56 anos, voltava de uma pescaria quando encontrou um tesouro valioso. O pescador viu flutuando no mar uma pedra branca, com cerca de 30kg, composta por “vômito de baleia”. O material é avaliado em até 1 milhão de libras, o equivalente a R$ 7 milhões.

O âmbar cinzento se trata de uma substância gordurosa encontrada no intestino da baleia e é considerado um item de luxo pela indústria farmacêutica que o utiliza para ampliar a duração de perfumes como o francês Chanel Nº 5, por exemplo.

O pescador lembra que viu o vômito de baleia sendo arrastado pela correnteza em direção à praia de Niyom, na cidade de Surat Thani, no sul da Tailândia. Ao chegar em casa com o objeto, o homem tirou uma amostra e levou para uma universidade da região. Os especialistas comprovaram a autenticidade do material.

“Estou tão animado que não sei o que fazer. Pretendo vender, porque já recebi um certificado que prova que ele é real. Se eu conseguir um bom preço, vou parar de trabalhar como pescador e dar uma festa para meus amigos”, disse Narong sem conter a emoção em entrevista ao Daily Mail.