Do Folhape

Foto: Divulgação/PF

Um pintor de automóveis de 23 anos foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF), nessa quarta-feira (1º), na agência dos Correios de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. De acordo com informações da corporação divulgadas nesta quinta-feira (2), ele possuía R$ 2,4 mil em notas falsas adquiridas no Facebook, segundo o suspeito.

A prisão aconteceu através de investigações de rotina feitas por policiais federais lotados na Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários. Segundo a PF, os agentes receberam informações de que na agência dos Correios de Casa Amarela um suspeito iria retirar uma encomenda com várias cédulas falsas.

Os policiais foram até a agência e perceberam a saída do pintor com a correspondência que havia retirado. O homem foi abordado e os agentes encontraram os R$ 2,4 mil em notas falsas após abrirem a encomenda. As cédulas de R$ 50, R$ 100 e R$ 200, acrescenta a polícia, foram postadas nos Correios em Osasco/SP.

O homem recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado à sede da PF, no Bairro do Recife, área central da cidade. Ele foi autuado pelo crime de possuir nota falsa, previsto no artigo 289 do Código Penal.

No interrogatório, o preso relatou, de acordo com informações oficiais da Polícia Federal, que comprou as cédulas falsas no Facebook e pagou a quantia de R$ 230. Ele não deu maiores detalhes sobre o vendedor das notas e disse que embora soubesse que estava agindo de forma errada, não imaginava que a conduta fosse tão grave.

Segundo a PF, o preso passará por audiência de custódia nesta quinta-feira. Caso seja condenado, o pintor de automóveis poderá pegar penas de três a 12 anos de reclusão.

Se a prisão preventiva for confirmada, o suspeito seguirá para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Do contrário, será liberado e responderá ao processo em liberdade.