Farol com informações e foto do Blog do Itamar

Publicado às 06h57 deste domingo (8)

O Policial Militar natural de Serra Talhada, Geraldo Limeira da Silva, é o responsável por fazer homenagens durante os funerais dos colegas de farda no Sertão, missão que executa há cerca de 35 anos. Mesmo reformado, o PM continua na ativa participando dos momentos de dor, ao lado do seu instrumento. A última participação foi na quinta-feira (5), no município de Arcoverde, Sertão do Moxotó, durante o funeral do Cabo Vanderberg, que foi morto por bandidos durante uma troca de tiros.

Em conversa com o Blog do Itamar, o serra-talhadense fez uma confidência: “Nunca pensei que iria fazer sepultamentos de tantos amigos e companheiros de farda”, lamentou.

Geral do Limeira ingressou na Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) em agosto de 1986 e de lá pra cá foi o único corneteiro de funerais no Sertão. Como policial militar, atuou no 3º BPM, 14º BPM, 1ª CIPM, dentre outras unidades.