ricardo valõesO advogado e pré-candidato a prefeito de Serra Talhada, Ricardo Valões, ficou incomodado com a decisão do Juiz Marcus César Sarmento Gadelha, da 1ª Vara Cível, que concedeu liminar a Prefeitura dando o direito para utilizar uma faixa de terreno durante a Festa de Setembro, de propriedade da família Carvalho. Indignado, o pré-candidato enviou mensagem ao FAROL lamentando a decisão.

“Aqui em Serra não tem Lei e tampouco justiça, aqui Juiz só decide alguma coisa quando favorece algum rico, um processo tipo esse quando é em favor de um pobre no mínimo é julgado em dez anos. Esse Prefeito (Luciano Duque) tem que ter cuidado mesmo é com o julgamento do escândalo do bode que é federal, justiça estadual não existe em Pernambuco, é imoral as decisões da justiça estadual”, disparou Ricardo Valões.

Veja também:   Carro de luxo é abandonado com joias e barras de ouro

FIQUE PODE DENTRO

O governo Luciano Duque pretende instalar um dos palcos da Festa de Setembro na Lagoa Maria Timóteo, no Centro. Ao ver máquinas trabalhando no local, a família que garante ter a posse da faixa de terra propôs um acordo junto à prefeitura que culminou com a oferta, para a família, de um camarote durante a festividade e o pagamento de R$ 5 mil. Quando todos pensavam que a polêmica havia terminado, o governo recorreu à Justiça, que acatou parcialmente os argumentos e provas apresentadas. O que significa que a gestão Luciano Duque fará a festa na Lagoa Maria Timóteo sem a necessidade de pagar os R$ 5 mil à família Carvalho, nem lhes garantir, por força judicial, camarote algum.

Veja também:   Famílias abandonam casas e drama de 'Vidas Secas' se repete no Sertão