Polícia prende suspeito de roubar objetos de ouro

Do Diario de PE

A Polícia Civil prendeu na última segunda-feira (17), em Olinda, Região Metropolitana do Recife, um homem de 28 anos suspeito de integrar um grupo organizado focado em roubar objetos de ouro, como correntes, anéis e relógios. O caso foi divulgado nesta segunda-feira (24), uma semana após a prisão.

De acordo com a Polícia Civil, o homem confessou a participação em diversos crimes do tipo, inclusive em uma abordagem a uma família na Rua do Espinheiro, na Zona Norte da cidade, em dezembro de 2022.

Veja também:   Programa do Farol com as bombas da política em ST

Segundo a investigação, o suspeito agia em conjunto com outros dois suspeitos – um deles participou do ataque a um casal de turistas argentinos na Rua das Flores, no bairro de Santo Antônio, em março deste ano. Apesar da relação com envolvidos no assalto com os argentinos, o homem preso na segunda-feira não participou do crime contra os estrangeiros.

“Eles escolhiam o momento e a oportunidade mais propícia para exercer essa prática. Geralmente em bairros de maior poder aquisitivo entre as pessoas, como os Aflitos, Espinheiro… Eles não tinham um modus operandi para essa prática delituosa”, informou o tenente-coronel Fábio Henrique do 13º Batalhão.

Veja também:   OPINIÃO: Vamos nos mudar do Brasil, de PE e de ST em favor de uma nova política?

A polícia chegou até o suspeito através das câmeras de segurança, que captaram imagens dos roubos, e por meio da identificação das motocicletas usadas. A partir daí, foi possível a emissão dos mandados de prisão. Na abordagem, os agentes policiais apreenderam uma arma de fogo, uma pequena porção de um entorpecente derivado da maconha e uma motocicleta clonada.

Segundo a delegada Beatriz Leite, da Polícia Civil, a corporação identificou um aumento nos roubos de artigos de ouro nos últimos meses. “Era um grupo organizado que cometia esses assaltos em muitos lugares. Do último trimestre do ano passado até o início deste ano, identificamos um aumento nesse tipo de ocorrência. A gente acredita que agora teremos um arrefecimento dos crimes dessa natureza, porque os grupos responsáveis estão sendo identificados”, disse.

Veja também:   Semana começa com 13 vagas de emprego em Serra Talhada

Ao todo, de acordo com a Polícia Civil, 15 pessoas foram presas neste ano por envolvimento em roubos de objetos de ouro na Região Metropolitana do Recife.