Da ISTOÉ

Foto: Reprodução

Três policiais da cidade de Tempe, no estado americano do Arizona, foram afastados após testemunharem o afogamento de um homem negro e não tomarem atitude para salvá-lo. As informações são do site UOL.

Sean Bickings, de 34 anos, estava em situação de rua e pulou no lago do Centro de Artes Cênicas da cidade, que possui até 5,6 metros de profundidade. Ao se afogar no local, começou a se afogar e pedir ajuda, mas um policial disse: “não vou pular atrás de você”.

O caso foi gravado por câmeras que ficam no corpo dos policiais e aconteceu no último dia 28 de maio. Os agentes de segurança foram chamados após a dicussão entre um casal. Bickings e a namorada desmentiram as agressões, mas o homem tentou fugir da cena.

“O quão longe você acha que ele consegue nadar?”, perguntou um dos policiais, antes do companheiro recusar ajudar. No fundo, é possível ouvir Bickings dizendo que vai se afogar e pedir ajuda. Ao sumir da superfície, o homem de 34 anos não retornou.

O corpo da vítima foi encontrado apenas seis horas depois do afogamento. Jeff Glover, chefe de polícia da cidade de Tempe afirmou que os policiais vão ficar de licença durante as investigações, mas não revelou as respectivas identidades.

Veja também:   Casal reza para que coração do bebê que esperam pare de bater