Policial civil é assassinado durante emboscada em PE

Do Diario de PE

Um policial civil identificado como Severino de Lira, de 58 anos, foi assassinado no município de Vicência, na Mata Norte de Pernambuco, na noite desta sexta-feira (10). Ele era primo do presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), Áureo Cisneiros, chegou a atuar na direção do sindicato entre os anos de 2014 e 2020.

Um vídeo postado nas redes sociais mostra o momento em que um carro do modelo Fiat Uno chega na feira da cidade, onde o policial estava, e quatro homens encapuzados e armados descem do veículo atirando contra Severino. Os criminosos efetuaram disparos mesmo após o policial, mais conhecido como “Biu Agente”, ter caído no chão sem vida.

Veja também:   Policial civil é condenado a 11 anos de prisão por maus-tratos

Em seguida, um dos criminosos pega a arma do policial civil e foge do local. Até o momento a autoria e motivação desse crime são desconhecidas. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) no bairro de Santo Amaro, em Recife.

“O interior está infestado com o crime organizado e a gente está muito fragilizado quanto ao policiamento. Tinha apenas dois policiais na em Vicência, que tem 30 mil habitantes e quatro distritos. A delegacia à noite fecha, e as investigações não são feitas. Não tem sentindo”, afirmou Áureo Cisneiros.

Veja também:   OTIMISMO: Após pesquisas, Câmara diz que Frente Popular terá uma bela vitória

Áureo estava no município onde o crime ocorreu pois tinha ido visitar os familiares e soube da notícia por conhecidos ainda na noite desta sexta-feira. De acordo com o presidente do Sinpol, o crime foi premeditado, uma vez que o carro usado pelos criminosos havia sido roubado um dia antes e, logo depois do assassinato do policial, foi queimado pelos atiradores.