Fotos: Celso Garcia/Farol de Notícias

Publicado às 03h40 desta quarta-feira (11)

Os moradores do bairro IPSEP, em Serra Talhada estão indignados com o vandalismo que está ocorrendo na Praça dos Ipês, mesmo ainda não tendo sido inaugurada. A reportagem do Farol esteve no local, na manhã desta terça-feira (10), e constatou que o patrimonio público está sendo depredado. A situação é lamentável, uma vez que estão quebrando bancos e mesas e destruindo um espaço de lazer que beneficiará a população e se tornaria um dos cartões postais da Capital do Xaxado.

”Pelas condições que estão as mesas e bancadas, é um verdadeiro vandalismo que está acontecendo aqui, sempre após as 22h. A gente fica até 21h30, 22h na porta de casa e a gente não ver isso, as crianças brincam até as 21h, se recolhem e depois desse horário é que o pessoal começa fazer esse vandalismo.  Como se trata de uma praça que ainda nem foi inaugurada, teria que os órgãos municipais fazerem um pedido para a Polícia Militar fazer uma patrulha depois das 22h. Uma obra que já está em atraso, mas a gente está vendo andando, graças a Deus, e é uma melhoria para a população. Depois desse Parque dos Ipês pronto será entretenimento para toda Serra Talhada, a gente espera que a prefeitura tome as providências desse verdadeiro vandalismo”, cobrou o autônomo Rogério Santos, 39 anos.

”Acredito que estamos diante de um ato de vandalismo, quebram mesas, quebram bancos, quebram tudo, arrancaram um banco, tivemos que refazer, faziam um dia, no outro dia estava tudo cavado, bagunçado e tinha que refazer. Se não tomarem as providências vão acabar com tudo”, disse um operário que estava no local e pediu para ter sua identidade preservada.

Veja também:   Apicultores comemoram projeto que faz crescer a produção em ST

SECRETÁRIO AVALIA

A reportagem do Farol também conversou com o secretário de Obras de Serra Talhada, Cristiano Menezes, sobre a situação e lamentou a atitude.

”Esse tipo de atitude não representa o sentimento do bairro. Pessoas com essa índole jamais nos tirarão a vontade de fazer e melhorar a vida das pessoas que nos confiam seus sonhos. Nesse mesmo lugar, onde essa maldade foi cometida contra todos os serra-talhadenses, há alguns anos era apenas mato, lixo e esgoto a céu aberto. Nos orgulhamos de ter dado fim a essa realidade, urbanizado essa área com a construção da escola, construindo uma enorme praça e pavimentando ruas. É notório que danificaram apenas as mesas. Parece até direcionado esse tipo de atitude! Mas seguimos com o propósito de cuidar de todos!”